Design, Indústria

Ikea: Catálogo 2018 – crie espaços para viver

Início do texto

Uma nova inspiração de decoração, um catálogo recheado de produtos, o sucesso do design democrático ou apenas uma preferência por móveis escandinavos acessíveis. Não importa o motivo, o catálogo anual da IKEA causa entusiasmo em fãs da marca e nos profissionais. O material é fonte para arquitetos, designers, estudantes universitários ou pessoas que buscam soluções de vida flexíveis.

Para 2018, o catálogo foi construído sob o tema “mais espaço para vida” e foca, como descreve a IKEA, o “coração da casa”. Para a gigante sueca do mobiliário, a sala de estar é o lugar de encontro natural da casa.

A sala de estar é um lugar para tudo. Do sono a prática de yoga, para comer e brincar, ou para noites de cinema e festas animadas.

O que a IKEA propõe com o catálogo 2018 é que as pessoas criem espaços para viver. Isso compreende ignorar convenções e decorar os espaços com o que é importante na vida de cada um. E não importa se você vive num pequeno imóvel ou tem filhos. Tudo se ajusta com móveis multifuncionais e soluções de armazenamento criativas.

 

Com o catálogo 2018, IKEA diz estar encorajando as pessoas a criarem espaço para suas necessidades e sonhos. Foco está na sala de estar A sala de estar é o lugar onde a vida acontece, segundo pesquisa encaminhada pela IKEA para o catálogo 2018

 

Pensar a sala de estar e a casa

Toda a comunicação publicitária do catálogo, fotos e vídeos criados promovem a ideia de vida flexível. Outras mensagens são: conecte-se com familiares e amigos, celebre ocasiões especiais e lembre-se do que é importante na vida.

De acordo com o material de comunicação distribuído à imprensa, o novo catálogo inspira os consumidores a olharem além das paredes de suas casas e a criar um espaço confortável para as coisas importantes em suas vidas, seja família e amigos, ou natureza e relaxamento.

“Estamos encorajando as pessoas a criarem espaço para suas necessidades e sonhos”, diz Shideh Hashemi, gerente de marketing da IKEA nos Estados Unidos.

Informações sobre sustentabilidade, reaproveitando de móveis da marca e redução de desperdício de alimentos completam o catálogo 2018 da Ikea.

Um lugar onde você pode ser você mesmo e se sentir bem

O novo catálogo inspira os consumidores a olharem além das paredes de suas casas e a criar um espaço confortável O catálogo 2018 da IKEA é intitulado Make Room for Life e se concentra em soluções de vida flexíveis para a sala de estar e outros ambientes da casa

Informações sobre sustentabilidade, redução de desperdício de alimentos e colaboração de designers completam o catálogo 2018 da IKEA

 

IKEA – Make Room for Life

Para a Ikea, há também o desafio de ver mais pessoas morando de aluguel e outras comprando apartamentos e casas menores. Ou seja, com menos espaço para os móveis. Aliás, essa é uma realidade bem presente no Brasil.

A necessidade de mobiliário está mudando. E a Ikea também tem uma visão bem clara sobre esse movimento.

“Você precisa do básico para montar uma casa, mas também precisa encontrar algumas maneiras de mudá-la com mais regularidade. Existe uma boa oportunidade para vender também soluções em torno de acessórios que contribuam para uma vida melhor. Não se trata apenas de roupeiros, mas também têxteis, almofadas e velas. E todos os outros elementos para decorar a casa”.

Isso explica o catálogo com 100 novos itens para venda.

A quantidade de novas colaborações com estúdios e designers assegura que a IKEA sempre tenha lançamentos. Uma das recentes parcerias se deu com a renomada empresa de design dinamarquesa Hay.

A sala de estar é um lugar para tudo. Do sono a prática de yoga, para comer e brincar, ou para noites de cinema e festas animadas O que a IKEA propõe com o catálogo 2018 é que as pessoas criem espaços para viver, não importa se você vive num pequeno imóvel ou tem filhos

 

Pesquisa e números do catálogo IKEA

O material, com tiragem de 203 milhões de exemplares este ano, além da versão digital, consome cerca de 70% do orçamento anual de marketing da IKEA. Embora não revele os valores desse orçamento, as vendas da empresa ultrapassaram os 36,4 bilhões de euros em 2016, com 348 lojas ativas. A meta é chegar a 50 bilhões de euros até 2020.

A produção do catálogo de 324 páginas, inclui personalizações para diferentes regiões e religiões em todo o mundo. Isso exige 72 edições, em 35 idiomas. As alterações são sutis, como normas sociais e apresentações de produtos, além de preços.

 

A produção do catálogo de 324 páginas da IKEA, inclui personalizações para diferentes regiões e religiões em todo o mundo

 

Essa visão exige saber que as cozinhas na China são muito menores do que nos EUA, por exemplo. Assim, todos os profissionais que trabalham no catálogo avaliam a melhor fotografia, redação e reposicionamento de elementos no ambiente. Tudo para ilustrar um ambiente mais aconchegante e tido como ideal para cada mercado de atuação da marca.

A verdade é que a IKEA realmente envia especialistas em design para as casas das pessoas, para ouvir suas preocupações e fornecer feedback. Isso permite tomar decisões de marketing com base nas experiências da vida real das pessoas. A pesquisa etnográfica do catálogo 2018 contou com aproximadamente 2000 entrevistas.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Matérias Relacionadas

  • Stockholm by Ikea: vida calma, natural e serena

    Indústria

    Stockholm by Ikea: vida calma, natural e serena

    View more
  • Cozinha: Gastronomia incentiva novas vendas

    Comportamento - Indústria

    Cozinha: Gastronomia incentiva novas vendas

    View more
  • Lar orgânico e o bem estar

    Comportamento - Indústria

    Lar orgânico e o bem estar

    View more
  • Delaktig: os planos da IKEA para a sala de estar do futuro

    Design - Indústria

    Delaktig: os planos da IKEA para a sala de estar do futuro

    View more