Indústria

Atmosfera é tema chave da IMM Cologne, na Alemanha

Início do texto

Quais serão os principais destaques para o mobiliário e o morar neste ano? Fiel ao lema de que “casas são o espelho da sociedade”, os organizadores da IMM Cologne citam quatro frentes. São elas: valorização dos materiais naturais, desenhos sóbrios e puros nos móveis, tecidos inovadores e confortáveis, e cores. Tudo para criar uma atmosfera acolhedora e respeitando as individualidades.

A feira, de 16 a 22 de janeiro, marca o primeiro evento do ano com algumas das melhores propostas para o segmento de móveis. Aliás, no segmento de design de interiores para o mercado de massa, a exposição alemã costuma ser atraente para fabricantes e designers.

Segundo a Koelnmesse, organizadora do evento, serão cerca de 1.200 empresas de 50 países. Estima-se ainda, serão apresentados cerca de 100 mil peças de mobiliário e outros itens de decoração. Além da exposição principal de mobiliário, a IMM Cologne 2017 terá outras atrações paralelas. Uma delas é a LivingKitchen, que reúne demonstrações e exposições de produtos, eletrodomésticos e móveis para cozinha. A área de tecidos para estofamento, decoração e produtos exclusivos também ganha espaço com o Pure Editions.

 

Além da exposição principal de mobiliário, a IMM Cologne 2017 terá outras atrações, como a LivingKitchen (cozinhas) e Pure Editions (tecidos)

 

Fiel ao lema de que “casas são o espelho da sociedade”, os organizadores da IMM Cologne citam quatro tendências que se destacam em 2017

 

Tudo é possível na decoração

Por conta do atual cenário global, a megatendência na indústria de móveis é a individualização. “Tudo é possível. E todo mundo organiza seu apartamento [moradia] a sua maneira. Portanto, já não podemos falar de apenas uma grande tendência para o ano”, diz Ursula Geismann, trend analista da Associação da Indústria de Mobiliário da Alemanha (VDM). Sua opinião leva em consideração uma pesquisa com expositores da IMM Cologne e fábricas associadas à entidade.

Ou seja: Não há mais um certo ou errado. Couro é colocado ao lado de plástico e design minimalista ao lado de itens vintage e nostálgicos. Tons de cinza e branco estão na sala ao lado de uma cozinha em cores pastéis e um quarto com tonalidade verde. Tudo existe ao lado um do outro.

Cores, materiais e iluminação incidem sobre as direções atuais em todos os campos do design de interiores

team-7-cozinha-imm-cologne-habitus-brasil Koinor-famous-imm-cologne-habitus-brasil dupont-corian-imm-cologne-habitus-brasil MAGOI-hulsta-imm-cologne-habitus-brasil
<
>
Hülsta, expositora da IMM Cologne

 

Mudança de postura na IMM Cologne

A busca pela individualidade traz outras leituras para o morar. Ursula Geismann, da VDM, indica que a sala de estar – antes vista como o ponto de encontro da família e amigos – passa por mudanças. “A televisão neste ambiente não é mais o ponto focal, pois a sala de estar serve como área de retiro do indivíduo”, diz a trend analista. Isso se reflete, por exemplo, no projeto de sofás modernos. “Eles são menores e muitas vezes criado apenas para uma pessoa”.

No entanto, outros movimentos estão se tornando mais dominantes, segundo a organização da IMM Cologne. Confira esses apontamentos na reportagem Tendências para o morar em 2017.

 

Na Imm Cologne, tons de cinza e branco estão na sala ao lado de uma cozinha em cores pastéis e um quarto com tonalidade verde

Muitos fabricantes estão propondo um estilo de decoração sóbrio, reduzido e puro. Isso, diz a Associação da Indústria de Mobiliário da Alemanha (VDM), faz o estilo Bauhaus ganhar força

 

Entre as tendências, temos a volta de projetos de mobiliário que remetem a década de 70, por exemplo. A ideia é propor um renascimento do estilo de vida descontraído que surgiu nessa época. Seja na música, roupas ou equipamentos – os anos 70 foram especialmente coloridos. Isso levou a uma flexibilidade do design praticamente sem precedentes, e as formas dinâmicas e cores invadiram as residências. Novos materiais também mudaram o design de interiores, e os desenhos dos móveis foram atualizados.

 

Entre as tendências da Imm Cologne temos a volta de projetos de mobiliário que remetem a década de 70 e a força do design escandinavo

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •