Arquitetura

Expo Revestir 2018: Tendências contemplam viver urbano

Início do texto

Exibindo uma infinidade de revestimentos para o piso, paredes e teto, além de louças e metais sanitários, a Expo Revestir 2018 se confirmou como um importante palco de tendências para a arquitetura, design de interiores e construção civil no Brasil. Entre as inspirações mais trabalhadas pelos expositores, ênfase para o enaltecer do viver urbano, colocando a casa como centro de refúgio e conforto. Mas sem deixar de lado toda a inspiração que vem do natural e as memórias afetivas.

A equipe do Habitus Brasil esteve presente e selecionou alguns destaques dessa edição, que ocorreu de 13 a 16 de março na capital paulista.

Na visão de empresas e profissionais ouvidos pela reportagem, o conceito de “floresta urbana” (urban jungle) deve se consolidar por aqui. Sua proposta de reunir um décor industrial, elementos metálicos e a rusticidade de materiais ao verde das plantas é ideal para criar cenários urbanos com um toque natural.

Alto relevo, reproduções de texturas, movimento visual nas peças e espessuras milimétricas também foram trends muito presentes.

 

Presentes em muitos dos lançamentos, texturas e relevos intercalaram visual urbano e tentativas de reconexão com o meio ambiente

 

Cenários cosmopolitas na Expo Revestir 2018

Maximalismo e cimento em voga

Os grandes formatos foram a escolha de inúmeras empresas na apresentação de seus lançamentos 2018 / 19. Algumas placas de revestimento chegavam a medir até 3,20m x 1,60m. Na arquitetura, o maximalismo permite a instalação com menos emendas entre as peças, proporcionando ambientes com visual mais uniforme. As peças de grandes dimensões (largura ou comprimento), combinadas ao conceito de open space, também são uma alternativa para alcançar efeito de amplitude em espaços menores. A proposta cai muito bem em projetos de lofts no estilo industrial, por exemplo.

 

os lançamentos da Portinari trazem também os mega formatos, representados nas coleções Sinfonia, Soneto e Grand Metal

 

A textura e o visual do cimento e/ou concreto têm chamado a atenção e seguem em alta. Essa proposta, ideal para criar cenários cosmopolitas, foi explorada nos revestimentos cerâmicos e em outros materiais. É o caso da Eucatex, que apresentou o padrão Concreto na linha Gran Elegance dos pisos laminados Eucafloor. A tendência está presente em outros segmentos de atuação da empresa: divisórias Novitá e pisos vinílicos. Na linha de painéis de madeira, a novidade é encontrada com o MDF Eucafibra BP Matt Plus Concreto.

 

Eucatex apresenta a linha Gran Elegance de pisos laminados Eucafloor no padrão concreto

 

A Castelli Porcelanato buscou na Itália a referência para criar a linha Cemento. O padrão é inspirado no famoso Auditorium, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer na cidade de Ravello. A marca Nina Martinelli apostou em formatos inusitados e no jogo de tonalidades para criar a linha Diamante. São três peças de cimento unidas em uma, produzindo um efeito único.

 

A Castelli Porcelanato buscou na Itália a referência para criar a linha Cemento, apresentada na Expo Revestir 2018 A marca Nina Martinelli apostou em formatos inusitados e no jogo de tonalidades para criar a linha Diamante

 

Cimento em diferentes interpretações

O material foi reproduzido ainda em lançamentos da Cerâmica Villagres. Na linha Cosmopolitan Art, a ideia foi trazer os movimentos das espátulas utilizadas no manuseio do cimento. Na linha Saloni (foto), reforçando o estilo industrial, houve fusão da textura cimentícia com a oxidação do metal.

 

Na linha Saloni, da Cerâmica Villagres, houve fusão da textura cimentícia com a oxidação do metal

 

Na linha de painéis de MDF, a Arauco lançou o padrão Nimbus na Expo Revestir 2018. Ele chama a atenção por seu visual urbano e ao mesmo tempo abstrato, com um sútil efeito metalizado.

Porcelanatos que reproduzem cimento também estão entre os lançamentos da Portinari, que apresentou a coleção Dom. Inspirada na textura do Cotto e na cor do cimento, as peças misturam o movimento fino e irregular da argila queimada com a aparência do cimento, deixando as bordas mais claras.

 

Porcelanatos que reproduzem cimento também estão entre os lançamentos da Portinari, que apresentou a coleção Dom

 

Alerta de tendência: metal oxidado

O metal oxidado é outro destaque da arquitetura e do design de interiores nesta temporada. O aço corten, sucesso por muitos anos, volta a ganhar evidência. Os efeitos que simulam a ação do tempo e as reações químicas comuns ao metal são valorizados. A ação de oxidação possibilita ainda diferentes escalas cromáticas.

Nessa linha, a Level Acabamentos apresentou o porcelanato Cotto na Expo Revestir 2018. O padrão faz parte da linha Stato Dell Arte e coloca o aspecto enferrujado, alcançado por um degradê de tons terrosos, sobre um fundo acinzentado do porcelanato Maxi Concrete da marca.

O metal foi aposta da Portobello com a linha Steel, da nova coleção In and Out. Sua interpretação em porcelanato aparece em dois tons industrializados e um oxidado.

 

O metal oxidado é outro destaque da arquitetura e do design de interiores nesta temporada. O aço corten, sucesso por muitos anos, volta a ganhar evidência

 

A Santa Luzia lançou a linha Oxi de perfis de acabamentos metálicos, nas cores Preto, Prata, Ouro e Ouro Rosê. A impressão de desgaste das peças descortina um efeito jovial e rústico. Na Durafloor, o aço oxidado também ganhou uma linha inteira de pisos vinílicos, a Inova.

O processo de oxidação do metal igualmente foi inspiração para toda a série Industrial de superfícies (Dekton®) da Cosentino. A coleção, com três novos padrões, teve colaboração do arquiteto e designer Daniel Germani. O Nilium, nas cores prata e branco, representa o início do processo de oxidação. O Radium reproduz uma camada de aço oxidado e lavado com ácido. Por fim, o Trilium mistura cores inspiradas pela pedra vulcânica com tons de preto e cinza.

 

O processo de oxidação do metal igualmente foi inspiração para toda a série Industrial de superfícies Dekton® da Cosentino

 

Elementos ‘naturais’ na Expo Revestir 2018

Os revestimentos no estilo brick, popularmente conhecidos como “tijolinhos”, mantêm seu lugar cativo na decoração de interiores. Além dos tradicionais tons terrosos ou tonalidade branca, neste ano, eles surgiram com novas texturas. A Brick Studio, por exemplo, lançou uma linha Vintage, que aposta no “efeito pátina” em cor cinza prateado. Na Linha Stone, a inspiração foram as pedras naturais.

 

Os revestimentos no estilo brick, popularmente conhecidos como "tijolinhos", mantêm seu lugar cativo na decoração de interiores

 

A Lepri, por sua vez, apresentou a linha Natura com aparência de tijolo de demolição. Outro destaque foi a busca pelos efeitos sensoriais aplicados no modelo Hexagonin Patchwork Blanc, que traz delicados desenhos. A marca expôs ainda novas cores, tamanhos e texturas nos bricks.

 

Outro destaque na Expo Revestir 2018 foi a busca pelos efeitos sensoriais aplicados nos revestimentos e bricks

 

O formato de réguas também apareceu com tudo nesta edição. Essa foi a proposta escolhida pela Castelatto para apresentar um dos lançamentos de maior visibilidade na feira: a linha Shou Sugi Ban. O revestimento parece uma madeira, mas, na verdade, é feito com concreto arquitetônico. Ele é inspirado em uma antiga técnica japonesa, que tem como objetivo proteger a madeira por meio da queima de suas camadas superficiais. O padrão impressiona pela textura e tonalidades alcançadas.

 

A linha Shou Sugi Ban, da Castelatto, surpreendeu na Expo Revestir 2018. O revestimento parece uma madeira, na verdade é feito com concreto

 

A Portobello apostou em porcelanatos interpretando a rica variação da madeira natural, como no padrão Sequoia. A Eucafloor, do Grupo Eucatex, também apostou na madeira, mas com inspiração e paginação diferentes. O padrão New York reproduz o tradicional desenho “espinha de peixe”, que voltou a cair no gosto dos arquitetos e clientes. Ele revive os antigos pisos de taco, das décadas de 1960/70. Segundo a empresa, o produto conta com a régua mais larga do mercado: 44,5 cm.

 

Lançamentos da Expo Revestir 2018 trazem o natural para os grandes centros urbanos Linha de pisos laminados Gran Elegance, da Eucafloor / Eucatex, une tecnologia e nostalgia

  • 89
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

Specify Facebook App ID and Secret in Super Socializer > Social Login section in admin panel for Facebook Login to work

Specify GooglePlus Client ID and Secret in Super Socializer > Social Login section in admin panel for GooglePlus Login to work

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 comentário para “Expo Revestir 2018: Tendências contemplam viver urbano

Matérias Relacionadas

  • Expo Revestir apresenta novidades para 2018

    Arquitetura

    Expo Revestir apresenta novidades para 2018

    View more
  • Feira Expo Revestir: novos revestimentos para interiores

    Arquitetura - Design

    Feira Expo Revestir: novos revestimentos para interiores

    View more
  • Novidades da Expo Revestir para o mercado brasileiro

    Arquitetura

    Novidades da Expo Revestir para o mercado brasileiro

    View more
  • Expo Revestir: lançamentos e tendências da arquitetura

    Arquitetura - Indústria

    Expo Revestir: lançamentos e tendências da arquitetura

    View more