Design, Indústria

Veja destaques do Salão do Móvel de Milão 2018

Início do texto

Evento mais importante do mundo do design e mobiliário, o Salão do Móvel de Milão chega à sua 57ª edição em busca de inovação. Segundo os organizadores, mais de dois mil expositores italianos (70%) e estrangeiros (30%) vão apresentar seus produtos durante a feira, entre os dias 17 e 22 de abril. Aos visitantes, é preciso olhar atento e criterioso, disposição e muitos (muitos!) passos para acompanhar as principais tendências em arquitetura, design e decoração.

De acordo com o Manifesto – clique para ler – divulgado pelo Salone del Mobile.Milano, a edição de 2018 marca um ponto de recomeço. Ou seja, a organização está incentivando as empresas a expor um tipo de design mais consciente das necessidades da sociedade. Esses produtos devem incentivar colaboração, inclusão, sustentabilidade e valorizar jovens talentos e a herança cultural. “Todo novo começo pede por reflexão e compromisso. O Manifesto também é uma declaração de intenções, estabelecendo as fundações para uma nova maneira de pensar.”

As mudanças fazem parte de um processo de renovação e humanização do Salão do Móvel de Milão. Isso ocorre após críticas de que a feira estaria perdendo sua força inovadora para a frieza do mundo dos negócios. Vale lembrar, o circuito Fuorisalone, que ocorre simultaneamente em diversos pontos da capital italiana, reúne uma centena de outros eventos organizados por profissionais, empresas e entidades.

Neste ano, a proposta de aliar qualidade, tradição e criatividade é reforçada pela realização da Eurocucina / FTK e do Salone del Bagno. Esses eventos, sempre nos anos pares, trazem importantes inspirações e acabam atraindo mais público. Confira a seguir todos os destaques do Salão do Móvel de Milão em 2018.

 

Realizada a cada dois anos, a EuroCucina tem oferecido uma resposta inovadora ao crescente interesse no setor de cozinhas durante o Salão do Móvel de Milão

 

Eurocucina / FTK no Salão do Móvel

A EuroCucina é um dos acontecimentos mais esperados para 2018. Realizada a cada dois anos, o evento tem oferecido uma resposta cada vez mais inovadora ao crescente interesse no setor de cozinhas. Segundo os analistas, as marcas presentes incorporam design contemporâneo, inovação, eficiência energética e outros atrativos. De fato, a cozinha não é mais apenas uma área funcional, mas um lugar de socialização e multifuncional.

O pacote completo vem com a FTK – Tecnologia para a Cozinha, dedicada a eletrodomésticos embutidos. A mostra traz uma visão geral sobre cozinhas inteligentes, explorando novos modelos, protótipos e conceitos desenvolvidos por meio de pesquisas. Ao todo, 120 empresas terão produtos dedicados exclusivamente à cozinha. Segundo a organização do Salão do Móvel, os dois eventos “vêm para confirmar que a cozinha de amanhã será um lugar interconectado, polivalente e profissional”.

 

O Salão Internacional do Banho é um dos destaques da edição 2018 do Salão do Móvel. Sustentabilidade e bem-estar seguem em alta

 

Banheiros como áreas de descanso e spa

Antes, pouco valorizado, o banheiro vem ganhando importância nos projetos residenciais. Tanto é que o Salone del Bagno, ou Salão Internacional de Banheiros, ganhou uma exposição independente apenas em 2006. Na verdade, isso reflete uma evolução recente do ambiente, que passa a ser dedicado ao relaxamento e bem-estar.

Já abordamos o assunto nessa entrevista com Luiz Bianchi (Interbagno) e no recente relatório do Pinterest 100. Os pins de “banheiros de spa” salvos tiveram um aumento de 269% em um ano na plataforma.

Em 2018, serão 228 expositores apresentando o que há de mais atual em produtos e soluções para as áreas de banho e descanso. Segundo a organização do Salão do Móvel de Milão, um importante foco da exibição é a sustentabilidade. Com isso, as empresas devem concentrar lançamentos em soluções que prezem por eficiência no consumo de água e energia. A expectativa também recai sobre acessórios, móveis e louças que estimulem emoções, sensações de bem-estar e promovam a saúde pessoal.

 

O SaloneSatellite foi o primeiro evento a se concentrar em jovens designers e arquitetos

 

África e América Latina: Design vetorial

Outro evento simultâneo muito aguardado é o SaloneSatellite, que chega à sua 21ª edição. Dedicado à divulgação de designers e arquitetos abaixo dos 35 anos, o evento trará a temática: África / América Latina: Design Crescente – Emergente. A proposta é despertar reflexões sobre o futuro do design nos dois continentes. Ao todo, 650 profissionais apresentarão seus projetos nos pavilhões 13, 14 e 15 da Fiera Milano Rho.

Durante o Salão Satellite será promovida ainda uma exposição sobre a riqueza do design nessas regiões. Humberto e Fernando Campana serão os curadores da mostra latina. No lado africano, o convidado é o designer franco-marroquino Hicham Lahlou.

O papel do design para um viver sustentável

O Salão do Móvel também se estenderá para as ruas da cidade, com o projeto “Salone Living Nature. A La Natura dell’Abitare”. Quem passar por um dos pontos turísticos mais visitados de Milão, a Piazza del Duomo, poderá conferir uma instalação de 500 m² assinada pelo arquiteto Carlo Ratti. O espaço desencadeia reflexões sobre moradia e urbanização, ponderando o papel do design na reconciliação do homem com a natureza.

Concebida sob critérios de economia de energia e tecnologia sustentável, a instalação terá quatro controladores de sistemas climáticos. Também chamados de microcosmos, eles permitirão que todas as estações do ano sejam reproduzidas em 500 m². “Os visitantes serão mergulhados na natureza e experimentarão suas mudanças à medida que atravessam as quatro áreas da instalação. Cada uma delas relacionada a uma estação: Inverno, Primavera, Verão e Outono”, explica Carlo Ratti.

 

Salão do Móvel de Milão se estenderá para as ruas da cidade, com o projeto Salone Living Nature. A La Natura dell'Abitare

 

Segundo o arquiteto, o objetivo é buscar soluções sustentáveis e aplicáveis para promover a reconciliação de espaços urbanos e domésticos com a natureza. O projeto explora ainda a própria natureza humana a partir dos nossos cinco sentidos, em clara alusão ao design sensorial.

A ideia, de acordo com os organizadores do Salão de Milão, também demonstra a flexibilidade da feira em sair do mundo dos negócios. “O Salone del Mobile.Milano oferece uma contribuição, mesmo que temporária, para a cidade. Queremos, de fato, testar como um espaço, seja doméstico ou urbano, pode se tornar mais amigo do homem usando os recursos naturais de maneira sustentável”. O projeto poderá ser visitado entre os dias 17 e 25 de abril.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

Specify Facebook App ID and Secret in Super Socializer > Social Login section in admin panel for Facebook Login to work

Specify GooglePlus Client ID and Secret in Super Socializer > Social Login section in admin panel for GooglePlus Login to work

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Matérias Relacionadas

  • SaloneSatellite 2018: África e América Latina em foco

    Design - Indústria

    SaloneSatellite 2018: África e América Latina em foco

    View more
  • O Manifesto, uma declaração de afeto a Milão

    Design

    O Manifesto, uma declaração de afeto a Milão

    View more
  • Salão do Móvel de Milão, uma visão do futuro

    Design - Indústria

    Salão do Móvel de Milão, uma visão do futuro

    View more
  • iSaloni reúne o natural e o industrial

    Design - Tendências

    iSaloni reúne o natural e o industrial

    View more